Vereador de Santa Rita, preso há cinco meses, é solto e vai responder em liberdade

O vereador Flávio Pereira, do PSD, de Santa Rita, foi solto nesta quinta-feira (11), depois de passar cinco meses preso. O seu companheiro de partido, o vereador Tubarão também foi solto e ambos responderão ao processo em liberdade.

A Justiça havia determinado a prisão preventiva de ambos após investigações da Operação Shark que é desdobramento da Operação Papel Timbrado. Os parlamentares foram acusados de participação no esquema que desviou recursos da prefeitura de Santa Rita, através de fraudes em licitação com direcionamento prévio para beneficiar empresas de fachada.

Ainda não se sabe se Flávio reassumirá o seu mandato na Câmara, por ter sido afastado por uma imposição judicial. É possível que ele e Tubarão precisem recorrer a instâncias superiores para que possam ter mais uma vez a condição de vereadores do município.

As informações foram veiculadas na Rádio Jovem Pan João Pessoa.